Av. Gal. Penha Brasil 2508, Brasilândia – dia 27/10 (6ª-f).

      A Fábrica de Cultura Brasilândia convida para o Sarauloween no dia 27/10 (6ª-f), das 14 às 17h. Trata-se de uma edição especial do Sarau em homenagem ao Halloween. Com histórias de terror, contos horripilantes, monstros à solta e música, pela equipe da biblioteca. O microfone estará aberto, então qualquer um pode participar como quiser. Evento gratuito.

Estrada do Sabão, Brasilândia – 19/Ago/2017

      Uma palestra sobre a praça Luiza Mahin marcou a participação da Brasilândia na Jornada do Patrimônio 2017. O evento, realizado na própria praça, foi promovido pela Secretaria Municipal da Cultura, com apoio do Fórum em Defesa da Zona Noroeste. A iniciativa da ação foi do jornalista André Cintra. “Preenchi o formulário, expliquei o simbolismo da praça, mandei fotos e, enfim, fui selecionado”, relatou André.

Pracinha da EMEF João Amos, Jardim Vista Alegre – 1º/Jul/2017

      A Associação Frida Kahlo (Afrika), em parceira com o coletivo Estética Urbana, realizou a 2ª edição da ação O Rap Fortalece. O evento contou com os grafites do artista Borgo e das crianças da pracinha do João Amos e apresentações musicais de diversos grupos de rap da região, além das apresentações das crianças que participam do projeto A Rua É Cultura.

Estrada do Sabão, Vila Cardoso – 04/Jun//2017

      Em pleno Domingo, as ruas da Brasilândia foram tomadas por uma multidão cobrando o reinicio da obra do Hospital Municipal da Brasilândia. O ato foi organizado pelo Fórum em Defesa da Cidade e reuniu movimentos sociais e de moradia, sindicatos, partidos políticos e moradores da região.

Rua Cristovão Santiago 160, Parque Tietê – 1º/Fev/2017

      Em tempos de democracia participativa, quanto mais espaços de participação, melhor.  Principalmente para reivindicar e discutir melhoras urbanas e questões de segurança.  Por isso a boa notícia para a Brasilândia é a reativação do Conseg Penteado, cuja área abrange o 72º DP e a 1º Cia do 47ºBPM/M.   Assumiu a presidência Ezequias Manoel da Silva, morador da região há 37 anos.

Rua Hugo Ítalo Merigo,  Jardim Damasceno – 25/Jan/2017

A Brasilândia é um dos distritos mais vulneráveis entre os 96 distritos da cidade, e nele o Jardim Damasceno é reconhecido como um dos bairros com mais problemas.  O seu povo é sofrido:  ladeiras terríveis com deslizamentos, trânsito caótico na av. Dep. Cantídio Sampaio, falta de equipamentos públicos...  Por isso a população valoriza cada conquista.  E uma delas foi a criação do Parque Linear Canivete, verdadeiro respiro para os moradores.  No aniversário da cidade o secretário municipal do Verde e Meio Ambiente Gilberto Natalini visitou a região e trouxe uma ação e algumas promessas.