Estrada do Sabão, Vila Cardoso – 04/Jun//2017

      Em pleno Domingo, as ruas da Brasilândia foram tomadas por uma multidão cobrando o reinicio da obra do Hospital Municipal da Brasilândia. O ato foi organizado pelo Fórum em Defesa da Cidade e reuniu movimentos sociais e de moradia, sindicatos, partidos políticos e moradores da região.

Rua Cristovão Santiago 160, Parque Tietê – 1º/Fev/2017

      Em tempos de democracia participativa, quanto mais espaços de participação, melhor.  Principalmente para reivindicar e discutir melhoras urbanas e questões de segurança.  Por isso a boa notícia para a Brasilândia é a reativação do Conseg Penteado, cuja área abrange o 72º DP e a 1º Cia do 47ºBPM/M.   Assumiu a presidência Ezequias Manoel da Silva, morador da região há 37 anos.

Rua Hugo Ítalo Merigo,  Jardim Damasceno – 25/Jan/2017

A Brasilândia é um dos distritos mais vulneráveis entre os 96 distritos da cidade, e nele o Jardim Damasceno é reconhecido como um dos bairros com mais problemas.  O seu povo é sofrido:  ladeiras terríveis com deslizamentos, trânsito caótico na av. Dep. Cantídio Sampaio, falta de equipamentos públicos...  Por isso a população valoriza cada conquista.  E uma delas foi a criação do Parque Linear Canivete, verdadeiro respiro para os moradores.  No aniversário da cidade o secretário municipal do Verde e Meio Ambiente Gilberto Natalini visitou a região e trouxe uma ação e algumas promessas.

Ponto Alternativo de Cultura – 16/Dez/2016

      Os Panteras Negras, grupo ativista que nasceu na década de 1960 nos Estados Unidos, foi responsável por mudanças importantes na sociedade,  que se transformava de maneira radical.  O movimento cresceu tanto que se espalhou ao redor do mundo, deixando sua marca registrada com o gesto do punho erguido ao ar em defesa dos negros e negras daquele país. O debate discutiu essa militância e o seu legado.

Brasilândia – 11/Dez/2016

Com a chegada do fim de ano, a comunidade da Brasilândia e região se mobiliza para uma tradicional ação em prol das crianças carentes, o Criança Feliz Promontório. O evento já acontece há seis anos e conta com voluntários para organizar a montagem de oficinas, rodas de capoeira, cortes de cabelo e distribuição de doces e brinquedos que são recolhidos por meio de doações desde o mês de Agosto.  

Casa de Cultura Brasilândia – 01/Out/2016.

      Todos os Sábados, na Casa de Cultura Brasilândia, acontece a Oficina de Penteados Afro e Turbantes. A atividade, ministrada por Micheli Garcia da Silva das 9h às 13h, tem feito sucesso e mobilizado jovens e adultos da região em busca de reforçar a cultura africana e afro-brasileira, além de aprenderem uma profissão rentável.