Rua João Rudge – 21/Mai/1913.

      A história moderna da Casa Verde começa na manhã de 21 de Maio de 1913, quando, há exatos 104 anos, o português J. Marques Caldeira comprou o primeiro lote urbano colocado à venda, na esquina das ruas João Rudge e Saguairu, conforme conta Aureliano Leite no livro Pequena História da Casa Verde.  Mas tanto antes quanto depois dessa data, a Casa Verde é repleta de histórias variadas, pitorescas e cheias de personagens que enriquecem a fama e a tradição desse bairro, tão próximo do centro da cidade.

Av. João dos Santos Abreu 650, V. Espanhola – Maio/2017.

      A UBS Vila Espanhola oferece encontros de acompanhamento pré-natal e rodas de conversas às gestantes e aos seus familiares. As reuniões acontecem todas às 4ª-fs, às 8h30, onde são discutidos, entre outros, a importância dos hábitos mais saudáveis no início da gravidez e da realização de exames como o teste rápido HIV e sífilis. As grávidas também recebem informações sobre a Rede Cegonha, que inclui transporte sanitário, bilhete de transporte para consultas médicas, atenção integral à saúde da criança e da mãe, e orientação sobre saúde bucal.

Colégio Matão – 07/mar/2017

      Cerca de 40 pessoas participaram da reunião do Conselho Comunitário de Segurança – CONSEG Casa Verde/ Santana, no auditório da Escola Estadual Padre Manuel da Nóbrega (o colégio “Matão”). As reivindicações foram entregues às autoridades presentes, para análise, com o compromisso de trazer as soluções ou explicações na reunião seguinte.  Os encontros desse CONSEG acontecem todas as primeiras terças-feiras de cada mês. A próxima será no dia 04/04.

Sede da prefeitura regional – 09/Fev/2017

      “A Casa Verde está na entrada da Zona Norte, um bairro mais antigo, com seus moradores consolidados, reduto de famílias que convivem nessa área há longa data.  Na parte administrativa a Casa Verde terá uma estrutura de manutenção, porque a infraestrutura já está consolidada”, afirmou Paulo Cahim, prefeito regional de Casa Verde/ Limão/ Cachoeirinha.  Nascido e crescido no Limão, aos 61 anos o advogado Paulo Cahim fala da região com o conhecimento de um nativo e também de estudioso, pois tem pós-graduação em Gestão Pública.  Em longa entrevista ele falou sobre os três distritos que compõem a sua prefeitura regional.  Começamos com a Casa Verde.

Casa Verde – Janeiro/2017

      Todo bairro tem seus personagens característicos, reais ou ficcionais.  A Casa Verde acaba de perder os dois, que eram praticamente um só:  foi-se Toninho Mendes, escritor, editor e criador do observador ácido da realidade local e nacional, o Visconde da Casa Verde.  Ao lado do cartunista Angeli, Toninho Mendes espalhou por São Paulo e pelo Brasil um jeito casaverdense de fazer humor, jeito de periferia logo ali do outro lado da ponte.

WCT, Brooklin – 08/Dez/2016

      O secretário das Prefeituras Regionais, Bruno Covas, finalizou a nomeação dos 32 prefeitos regionais que iniciam a próxima gestão, apresentando os 12 nomes que faltavam.   Entre eles os três prefeitos regionais da ZN restantes:  Roberto Godoy (Freguesia /Brasilândia), Marcos Gadelho (Casa Verde/ Cachoeirinha) e Dário José Barreto  (V. Maria/ V. Guilherme).  O secretário reforçou as quatro qualificações exigidas para a escolha dos nomes: ficha limpa, formação profissional, vínculo com a região e capacidade de mobilização e interlocução com os moradores.