R. Chico de Paula 224, Freguesia – 28/Mar/2017.

      Para promover a integração entre a Polícia Militar e a comunidade, em Abril de 2010 foi criado o Projeto MAIA – Mundo de Apoio a Infância e à Adolescência, na sede da Força Tática do 18º Batalhão da PM. Através do Jiu Jitsu o projeto propõe retirar crianças e adolescentes da ociosidade, dando novas oportunidades através da prática do esporte, trazendo responsabilidade, disciplina e obediência, formando assim verdadeiros cidadãos.

 

Turma de alunos do Projeto MAIA com o professor Maia.Turma de alunos do Projeto MAIA com o professor Maia.

 

SUCESSO – De acordo com o cabo PM Maia, idealizador do projeto, incialmente a proposta era atender apenas os policiais militares e seus filhos, porém, a iniciativa deu tão certo que o tatame acabou sendo utilizado também por moradores das comunidades do 18º BPM. A permanência do aluno no projeto está condicionada ao seu desempenho e frequência escolar, sendo que é obrigatória a apresentação do boletim, e caso as notas estejam baixas o aluno é incentivado a melhorar seu desempenho para poder permanecer assistindo as aulas.

 

Iuri, Miguel e Maia medalhistas do Paulista em 2016.Iuri, Miguel e Maia medalhistas do Paulista em 2016. Allef Filho e aluno do projeto em 2011.Allef Filho e aluno do projeto em 2011.

 

REPERCUSÃO – Em 2016 o Projeto Maia foi objeto de um documentário sobre iniciativas que visam trazer soluções para o futuro das megacidades, e juntamente com outras produções que retrataram diversos projetos em todo o planeta, participou do Festival Internacional Mega Cities Short Docs em Paris, onde obteve o primeiro lugar na preferência do público, trazendo fama internacional para o projeto.

 

Professores do Projeto MAIA.Professores do Projeto MAIA. Alunos do projeto após aula.Alunos do projeto após aula.

 

Minudências:
@ No dia 03/04 o projeto completou sete anos de existência, tendo já atendido mais de 1.000 crianças e adolescentes.
@ O projeto passará a atender seus alunos em novo endereço, na Av. Ministro Petrônio Portela 1575, onde será instalada a nova sede da Companhia de Força Tática do 18º BPM/M.
@ O vídeo pode ser acessado através do link youtube/ZmdYkHk21TU

 

Alunos pertencentes à comunidade que praticam Jiu Jitsu.Alunos pertencentes à comunidade que praticam Jiu Jitsu.

Colaboração de Fotos: major PM Fabio Okasaki Cintra, comandante interino

Postar comentário

0
  • Nenhum comentário encontrado