Jaçanã – Fevereiro/2017

      Ah, se todo bairro tivesse um guerreiro desse calibre, nesta semana estariam todos de luto: faleceu no dia 24/02 o sr. Sylvio Bittencourt, um abnegado colecionador de documentos, fotos e objetos referentes ao bairro do Jaçanã e ao trenzinho da Cantareira, ramal Guarulhos.   Presidente-fundador do Museu do Jaçanã, Sylvio deixa um tesouro raro que precisa ser preservado:  “Uma luta de 33 anos não pode desaparecer não”, afirmou sua esposa Mercedes. O filho único Maurício Bittencourt deve coordenar os próximos passos do museu.

 

Sylvio Bittencourt em seu museu. (foto: Câmara Municipal de SP)Sylvio Bittencourt em seu museu. (foto: Câmara Municipal de SP)

 

FLOR – O Museu do Jaçanã foi fundado em 30/12/1983, e para nascer não foi um parto fácil, o sr. Sylvio teve que usar de estratagemas:  em entrevista contou que a esposa estranhava aquela quantidade de materiais que ia chegando em casa, então Sylvio começou a levar uma flor para dona Mercedes, cada vez que levava uma nova relíquia para casa.  “Me deu essa vontade de preservar a memória da nossa querida Zona Norte, principalmente do nosso Jaçanã, fazendo um trabalho com Educação e Cultura.  Que esse trabalho possa passar para as nossas escolas, para nossas faculdades, que a história é muito importante”, afirmou em entrevista Sylvio Bittencourt.

 

O líder comunitário na reunião da Câmara no Seu Bairro, em 2015.O líder comunitário na reunião da Câmara no Seu Bairro, em 2015.

 

PAZ – Na maior parte do tempo com recursos próprios, aos trancos e barrancos, e sob bafejos de promessas raramente levadas adiante, o sr. Sylvio Bittencourt conseguiu trazer até o século 21 memórias do distante século 19, quando o Trenzinho da Cantareira surgiu, permitindo a chegada da população a este distante rincão paulistano.  Na inauguração do museu esteve presente Matilde de Lourdes Rubinatto, esposa de Adoniran Barbosa, que divulgou o bairro para o Brasil e para o mundo, através do samba Trem das Onze, lançado em 1965.  Impossível falar de Jaçanã sem lembrar de Adoniran e de Sylvio.   Que descanse em paz esse exemplar lutador.

 

Sylvio Bittencourt (1931-2016), líder comunitário. (foto: ebc.com.br – TV Brasil)Sylvio Bittencourt (1931-2016), líder comunitário. (foto: ebc.com.br – TV Brasil)

 

Minudências:
@ Paulista nascido em 02/02/1931, Sylvio Bittencourt faleceu aos 86 anos, após uma internação de 33 dias.
@ Sylvio e Mercedes eram casados há 55 anos, e morando no Jaçanã há 43 anos.
@ O Museu do Jaçanã fica na av. Benjamin Pereira 1021, centro do Jaçanã.

Postar comentário

0
  • Bonita e justa homenagem Britto. Sr. Sylvio, historiador, poeta da cultura. Essência de um conteúdo a ser preservado. Sua é parte da história do Jaçanã do Trem das Onze, de Adoniran, do Jaçanã de Sylvio Bittencourt. Uma história a ser preservada. Ame o Jaçanã como amou o sr
    Sylvio!